Categoria Uncategorized

O que é Propriedade Intelectual e qual a sua importância?

         Juridicamente, a Propriedade Intelectual visa nortear as relações provenientes das criações do intelecto, em especial os interesses do autor sobre as suas criações intelectuais, inclusive os aspectos patrimoniais.

         Sua importância visa garantir aos inventores o direito de obter, por um determinado período de tempo, recompensa pela própria criação.

Continue lendo

Como transformar o seu negócio em uma franquia?

Muitos empreendedores de sucesso devem estar se perguntando, como expandir meus negócios e obter maior lucro?

Esta é uma questão recorrente para as empresas que desenvolveram um conceito de produto ou serviço, e que obtiveram expressivo aumento nas vendas e novos pedidos, fazendo com que, em alguns casos, tenham dificuldades de atender a todos.

Certo, estou vivenciando exatamente essas situações, qual o caminho inicial?

Neste caso, você deve considerar dois fatores, optar pela abertura de novas filiais ou transformar seu negócio em uma franquia através do sistema de franchising:

Abertura de novas filiais: além de demandar um bom planejamento financeiro e estudo de mercado, precisa de um bom capital para investimento. Isto porque, sua empresa precisará montar uma nova estrutura de operações e investir em instalações, máquinas, pessoal e sistemas de controle financeiros e fiscais. Ademais, você precisará ter gestores qualificados e de confiança para administrar as novas unidades.

Sistema de franquia: este modelo refere-se a concessão do direito de uso da sua marca, produto, serviço ou conceito, por outra pessoa (franqueado), para montar em outros locais, uma réplica do seu negócio e explorar o mercado naquela região, desde que observe rigorosamente a padronização dos seus processos e produtos.

Este formato pode ser mais atrativo e demandar menor volume de investimento próprio. Com o ingresso de outros empreendedores interessados em entrar no seu ramo de atividades, poderá replicar rapidamente aumentando o campo de atuação e alcance dos seus produtos ou serviços.

Com isso, é preciso adotar várias medidas como:

·         Estudar se seu negócio tem potencial para ser franqueado, através da análise de franqueabilidade, verificando como exemplo:

o   Seus produtos ou serviços são essenciais para os consumidores em diferentes locais;

o   Se podem ser reproduzidos por outros profissionais sem que você esteja fisicamente presente;

o   Conhecer as variáveis que mais impactam o negócio, como por exemplo, insumos, tributos, mercado, funcionários, custos, taxa de retorno, royalties, capacidade de expansão etc.

·         Analisar as questões legais e societárias da empresa. Verifique os trâmites e requisitos legais e custos para transformar a sua empresa em uma franquia, obtenha ajuda de um profissional especializado nessa tarefa;

·         Faça um bom planejamento financeiro. Baseado no seu fluxo de caixa, índices de liquidez, taxas de retorno de investimentos, e previsão de vendas e crescimento;

·         Elaborar um planejamento detalhado de como será essa franquia. Defina de acordo com o plano de expansão, a forma e a configuração da equipe de apoio que fará o gerenciamento e fiscalização dos franqueados, bem como, o auxílio na elaboração de todo material de apoio;

·         Elaborar um plano bem definido de expansão da sua rede de negócios. Com metas claras e cronologicamente factíveis. Avalie a demanda pelos seus produtos ou serviços e se há alguma concorrência que possa prejudicar a sua expansão em uma determinada região;

·         Elaborar os manuais de operação com todas as regras e processos necessários ao bom andamento da franquia. Descreva detalhadamente todos os ciclos de produção e de processos necessários a execução dos trabalhos e que possam ser realizados por outras pessoas;

·         Elaborar os contratos de franquia. Devido as características legais e peculiares das franquias, bem como, os registros das marcas, produtos e processos, é necessário a supervisão de um advogado especialista no assunto;

·         Elabore um plano de vendas da franquia e faça uma seleção criteriosa dos franqueados. Além dos recursos para investir, os interessados deverão ter características como: experiência, capacitação técnica, competência, missão e valores alinhados ao negócio;

·         Procure por financiadores. Se seu negócio tem um bom potencial não faltarão investidores. Desde que você tenha claramente definido algumas variáveis como: valuation, margens de rentabilidade, custos e volume de faturamento.

Observados esses passos, você terá grande possibilidade de fazer uma transição com sucesso e sem sobressaltos.

Possui alguma dúvida ou precisa de ajuda? Deixe o seu comentário abaixo que a nossa equipe terá um enorme prazer em ajudá-lo.

Como garantir uma boa relação entre o franqueador e o franqueado?

Uma boa relação é sempre uma boa relação, não é mesmo? Se relacionar bem, independentemente do tipo de vinculação é muito importante. Quando se trata de um contrato de franquia não é diferente. Aqui trataremos da importância da boa relação entre o franqueador e o franqueado. 

Esse é o quarto passo para que você tenha um franquia de sucesso, antes disso é necessário: estipular a área de atuação, definir o valor do investimento e capacitar-se.

Continue lendo