O que é a política de crédito para Franquias?

Uma das maiores barreiras para quem deseja abrir uma franquia, é o capital inicial necessário. Existem diversas possibilidades de empréstimos, junto a instituições financeiras públicas, privadas e agências de fomento, oferecendo crédito, taxas competitivas e um período de carência.

Conforme já mencionado, algumas franqueadoras possuem um programa próprio de financiamento de crédito para futuros franqueados.  O objetivo dessa medida, de disponibilizar parte dos seus recursos, visa incentivar a abertura de novas franquias e aumentar o grau de comprometimento e sucesso.

Neste caso, sendo possível o financiamento para abertura de franquia, com o apoio do franqueador, as vantagens são taxas de juros mais baixas e garantias menos rígidas. Portanto, antes de verificar as diversas opções de crédito para abertura de franquias, o conselho é, procure o franqueado antes de tudo e converse com ele.

Diante dessas dicas e conselhos de como buscar um financiamento seguro para abrir a sua franquia, mesmo assim, quando se trata de contratação de crédito, é preciso ter muita cautela.

É importante que o futuro franqueado recorra a um empréstimo apenas em último caso, se possível, busque obter capital com algum membro da família ou amigo e negociar juros mais baixos. Caso não tenha outra alternativa, evite financiar 100% do capital necessário para o investimento, esse caminho não é recomendável, isto porque, o pagamento mensal do empréstimo pode comprometer o tempo de retorno do valor que investiu para abrir a franquia, além de prejudicar seu lucro e rentabilidade.

Por maior que seja a sensação de segurança que um negócio de Franchising possa passar ao empreendedor, uma vez que a taxa de fracasso desse setor é bem inferior aos negócios próprios, o franqueado deve ter em mente que pagar todo mês o financiamento, pode afetar a saúde financeira da sua franquia.  Especialistas indicam o financiamento de até 50% do valor inicial de abertura, ou seja, nunca financie todo o investimento.

Faça pesquisas sobre o seu negócio, para auxiliar a decidir qual a melhor forma de financiamento. O Capital de giro, acaba se tornando o sangue da unidade franqueada.

Por fim, estude bem a melhor linha de crédito para abertura da sua franquia, esse passo pode se tornar decisivo para o futuro do seu empreendimento.

Possui alguma dúvida ou precisa de ajuda? Deixe o seu comentário abaixo que a nossa equipe terá um enorme prazer em ajudá-lo.  

Compartilhar Post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email